Home / Portugal / Economia PT / Chefe dos CTT julgado por burlar clientes em 337 mil euros

Chefe dos CTT julgado por burlar clientes em 337 mil euros

Chefe dos CTT é acusado de receber 337 mil euros para certificados de aforro que não registava nos Correios.

O antigo chefe do posto dos CTT de Caldas das Taipas, Guimarães, está a ser julgado por se ter apoderado de 337 mil euros em verbas destinadas a certificados de aforro que nunca chegaram a entrar no sistema dos Correios. O caso está a ser julgado no Tribunal de Guimarães.

...