Home / Desporto / Sporting usou a ‘Dost’ do costume e um novo ‘7’ para bater o Aves

Sporting usou a ‘Dost’ do costume e um novo ‘7’ para bater o Aves

Rúben Ribeiro fez a estreia pelo Sporting. E que estreia… Bas Dost voltou a mostrar a sua veia goleadora, enquanto o Sporting arrecada mais três pontos e passa à liderança provisória do campeonato.

O Sporting recebeu, este domingo, o Aves no estádio de Alvalade e, sob pressão de não perder pontos para não deixar o FC Porto fugir, venceu por 3-0. Agora, a pressão está do lado dos dragões, que jogam esta segunda-feira diante do Estoril.

Mas vamos ao jogo em Alvalade. Jesus lançou Rúben Ribeiro e parecia que estava a adivinhar. Uma estreia de luxo do ex-Rio Ave, que foi espalhando magia enquanto os adeptos aplaudiam. Além disso coroou a exibição com uma assistência de alto nível para o golo de Bas Dost, aos 31 minutos.

Porém, o início de jogo não foi favas contadas para a equipa da casa. Apesar da vontade em dominar, algumas desatenções, essencialmente no passe, iam dificultando a construção de jogo do Sporting. Quem ia agradecendo era o Aves que, embora mais defensivo, aproveitava sempre que podia para montar ataques rápidos com destino à baliza de Rui Patrício.

Uma nova magia em Alvalade

O Aves até foi somando alguns remates, mas o guardião dos verde e brancos nunca deixou que o pior acontecesse em Alvalade. Como tal, o Sporting foi crescendo e chegou ao golo. Um bailinho e um centro teleguiado de Rúben Ribeiro deram a oportunidade a Bas Dost para fazer o primeiro do jogo. De cabeça, o holandês não disse que não à oferenda do novo camisola 7 dos leões.

Estava feito o primeiro aos 31 minutos, mas o Aves mostrou que a vinda a Alvalade não foi apenas um passeio. Amilton foi o porta-voz da rebeldia da equipa forasteira e, de cabeça, atirou à trave da baliza defendida por Rui Patrício. O 1-0 manteve-se até ao intervalo, mas no segundo tempo viria a mudar rapidamente.

Aos 51 minutos, Gelson caiu na área, depois de um encosto de um jogador do Aves. João Pinheiro, árbitro da partida, recorreu ao VAR e não teve dúvidas em assinalar o castigo máximo. Na conversão, Bas Dost não falhou e bisou no encontro.

Depois do golo sofrido, o Aves tentou timidamente reagir, mas nunca com sucesso. A equipa que esta noite foi orientada pelo Professor Neca, devido ao castigo de Lito Vidigal, não teve argumentos válidos para contrariar o poderio de um leão pragmático e calculista.

Até final, o Sporting controlou o ritmo de jogo a seu bel prazer e foi premiado com mais um golo. De quem? Fácil adivinhar… O homem do costume. Bas Dost, aos 90 minutos, fez mais uma vez o gosto ao pé e selou um hat-trick, depois de um cruzamento de Piccini.

Com este 3-0, os leões somam agora 46 pontos, mais um que o FC Porto, que esta segunda-feira ainda terá de jogar frente ao Estoril. Por hoje, o Sporting tem uma certeza: vai dormir com o líder do campeonato.

Momento do jogo: Jogada do primeiro golo do Sporting. A técnica demonstrada por Rúben Ribeiro e a assistência milimétrica para a cabeça de Bas Dost foi um dos momentos da noite.

...