Casados há mais de 70 anos morrem de Covid-19 com cinco dias de diferença

Casal era inseparável. Passaram os últimos dias de vida de mãos dadas nas suas camas de hospital.

Um casal casado há mais de 70 anos morreu com cinco dias de diferença infetado com Covid-19. Os dois passaram os últimos dias de vidas nas suas camas do ospital Worthing, em West Sussex, de mãos dadas.

Ron Wood, de 94 anos, era veterano da Segunda Guerra Mundial e foi o maior goleador do Worthing Football Club. Morreu a 23 de maio e cinco dias antes tinha morrido Pat, a sua companheira de uma vida, aos 91 anos, durante o sono.
Ambos estavam na ala especial para doentes com Covid-19 em áreas separadas de homens e mulheres, mas os médicos permitiram que se juntassem na mesma ala nos seus últimos dias de vida.

Pat e Ron não queriam morrer sem estar juntos e Maria Reina, enfermeira do Hospital Worthing, que cuidava de Ron na enfermaria, afirmou: “Vê-los juntos, de mãos dadas, foi muito especial.

Os dois conheceram-se do lado de fora dos correios quando Ron tinha 22 anos e Pat tinha 19. A partir desse primeiro encontro o relacionamento cresceu até se casarem em 1949. Tiveram uma filha, Nikki, duas netas e quatro bisnetos.